Busca e Pesquisa

"A imaginação é mais importante que a ciência, porque a ciência é limitada, ao passo que a imaginação abrange o mundo inteiro."

História em Família

Nome Artístico / Nome Fantasia

Pessoa Física -

Contador(a) de Histórias

Sobre

Sou bacharel em Letras – Português/Literaturas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, produtora cultural desde 2001, contadora de histórias desde 2003 e criei a minha companhia de contação de histórias, História em Família, em 2016. Sempre desenvolvi projetos educativos, com enfoque em ações de promoção da leitura para o público infantil. Fui responsável pela seleção e treinamento de equipes no atendimento em Museus e Centros Culturais com capacitação para a contação de histórias.

Experiência

Formação: • Universidade Federal do Rio de Janeiro Faculdade de Letras. Bacharelado em Português-Literaturas Ano de conclusão: 2005. • Escola Técnica de Comunicação – ETEC 2º grau – Nível técnico em Publicidade Ano de conclusão: 1999. Cursos Livres: • Escola de Música Villa-Lobos Conclusão do Curso Básico em Música Habilitação Canto: Ano 2001. • TEAR – Instituto de Artes Curso: Artes Integradas a Educação (AIEDUC) Sinopse do curso: soluções para aliar as linguagens da arte à educação com o objetivo de ampliar as possibilidades de aplicação do conteúdo programado. Atividades de artes plásticas, música, corpo e literatura: jogos populares (corporais, rítmicos e com a palavra), contação de histórias, pintura/escultura/colagem, atividades cooperativas e de integração de grupos. Ano de conclusão: 2007. • Oficinas Educação Montessori – Casa Escola de Educação Infantil Estrelinha do Mar, RS. – Conhecimento de Mundo, abordagem Montessoriana de 3 a 6 anos, carga horária 7 horas em 23 de março de 2019. – Educação Sensorial, abordagem Montessoriana de 3 a 6 anos, carga horária 7 horas, em 01 de junho de 2019. Trabalhos Voluntários: • Unipopular – Pré-Vestibular Comunitário Aulas de Literaturas para jovens e adultos. De junho de 2005 a julho de 2006. • Abrigo Santa Terezinha Aulas de flauta doce e canto coral para crianças entre 4 e 8 anos. Ano de 2000. História em Família: Companhia criada em 2016, parte de uma proposta familiar em que o casal, Flavia Rocha e João Saidler, atuam como dupla encenando o espetáculo de contação de histórias “Histórias de Todo o Mundo”, além de desenvolverem todo o necessário para realização do espetáculo: pesquisa, roteiro, direção artística e musical, confecção de todos os adereços e materiais. No ano de 2017, a Cia realizou apresentações em escolas e participou da 11ª Feira do Livro de Capão da Canoa – RS, com apresentação do espetáculo e oficina de contação de histórias para professores e profissionais de educação. Até julho de 2019, realizamos apresentações do espetáculo e oficinas nas escolas para estudantes de todas as idades, de bebês a turmas de 5º ano do Ensino Fundamental no litoral do RS. Agora, com a mudança da família para Petrópolis, estamos com agenda aberta para nossas ações inéditas de literatura e música no Rio de Janeiro. Experiência profissional Atuou como professora auxiliar da escola Montessori Estrelinha do Mar, Capão da Canoa – RS. Atendendo à agrupada de crianças na faixa etária de três a seis anos. De fevereiro a junho de 2019. Principais projetos culturais desenvolvidos: Funcionária da empresa Sapoti Projetos Culturais no período de 2001 a 2016. Atualmente como profissional freelancer no apoio dos projetos desenvolvidos (pesquisa, roteiros, adereços e figurinos). Coordenação pedagógica e artística Projeto educativo do Centro Cultural Light – Museu Light da Energia (a partir de novembro de 2012/abril de 2016). Funções: treinamento da equipe para contação de histórias, redação de roteiros originais para hora do conto, redação de roteiro histórico para visita teatralizada, desenvolvimento de jogos e dinâmicas para atendimento dos grupos, acompanhamento da equipe de atendimento nas visitas ao Museu e demais atividades. Coordenação artística e produção Projeto educativo do Museu do Meio Ambiente do Jardim Botânico – Rio de Janeiro (inaugurado em junho de 2012/ janeiro de 2015). Funções: pré-produção e estruturação do projeto, formatação de orçamentos e projetos de captação de recursos. Criação da escala de atendimento e grade de programação das atividades oferecidas, material de contato ao visitante/agendamento. Seleção da equipe de atendimento, treinamento dos educadores das áreas de ciências ambientais para contação de histórias, criação e produção de materiais e suportes para desenvolvimento das atividades (pensados para públicos diversos e inclusivos), além de adereços para contação de histórias e figurinos. Redação/edição “Onde moram os livros” – Bibliotecas do Brasil. Prefeitura do Rio de Janeiro, SMC. Pesquisa histórica e iconográfica, revisão de conteúdo. Autoria de Daniela Chindler (2019). “Brincantes do Brasil – ô abre a roda”, Programa de Fomento à Cultura Carioca – SMC. Redação dos textos de curiosidades do livro que contém histórias, cantigas populares direcionado a crianças do Ensino Fundamental 1 (2018). Redação do Caderno do Professor livro Causos de Bichos e de Gentes, histórias do Norte de Mato Grosso. EDF Norte Fluminense, SINOP Energia e Ministério da Cultura (2018). Percurso Livre de Língua Portuguesa para o departamento Educação e Implementação, Fundação Roberto Marinho (de novembro de 2012/2015 – nove cadernos publicados). Caderno do Professor para o Paço do Frevo – Recife para o departamento Museus, Fundação Roberto Marinho (2012 – 2013). Pesquisa, redação e produção dos cadernos direcionados ao professor, que reúne atividades de artes plásticas, música, história à leitura. Elaboração da estrutura e temas abordados, coordenação da equipe de consultores, ilustradores e designers. Coordenação administrativa Projeto CCBB Educativo de Arte Educação do Centro Cultural Banco do Brasil, nas sedes: Rio de Janeiro de agosto de 2006 a set/2016. São Paulo de julho de 2008 a set/2016. Belo Horizonte de julho de 2013 a set/2016. Brasília de fevereiro de 2014 a set/2016. Gerenciamento do orçamento, cadastro dos projetos em Lei Rouanet, prestação de contas ao Ministério da Cultura. Produção Educativo da exposição Mayas – Revelação de um tempo sem fim no Museu da Cidade – OCA, SP (junho a agosto de 2014). Coordenação de ações educativa setor de Patrimônio/Museus Fundação Roberto Marinho do estande de apresentação do Museu do Amanhã, Porto – Rio de Janeiro (fevereiro a agosto de 2014). Estande de apresentação do novo MIS, Museu da Imagem e do Som – Rio de Janeiro (início em março de 2012 a julho de 2013). Sala do Museu do Amanhã, Forte Copacabana – Rio de Janeiro (junho de 2012, durante a Rio+20). Curadoria e produção da exposição “110 anos da Avenida Rio Branco” para o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, com patrocínio do VLT – Veículo Leve sob Trilhos (de novembro de 2015 a setembro de 2016). Seleção da equipe de atendimento e coordenação das atividades. Coordenação e elaboração de projeto para difusão da leitura e acessibilidade Coleção Diferenças, Fundação Dorina Nowill. Elaboração de oficina para professores com ideias de atividades sensoriais para serem praticadas em sala proporcionando a inclusão de alunos cegos. Criação de roteiro e adereços táteis para apresentação de contação de histórias para crianças com deficiência visual (2012). Produção e participação das oficinas de integração de novos alunos na Núcleo Avançado em Educação (NAVE), programa de educação do Oi Futuro, em 2007. Produção do espetáculo e figurino A Palavra Mágica apresentado na arena da Floresta dos Livros. Público atendido: 25.000 pessoas. Bienal do Rio (2009). Produção e coordenação do projeto Igrejas de Portas Abertas, realizado durante as comemorações dos 70 anos do IPHAN (2007). Projeto foi capa de um jornal de grande circulação da cidade. Roteiros de visitação, programação de música e contação de histórias em um cenário de vinte e três Igrejas e duas capelas tombadas pelo IPHAN no Centro histórico da cidade. Atuação como contadora de histórias. Produção do projeto Paixão de Ler das Crianças junto a Diretoria do Departamento Geral de Documentação e Informação Cultural, da Secretaria Municipal de Cultura (de 2002 a 2005), coordenação e atuação como contadora de histórias na programação Paixão de Ler nas Barcas, Central do Brasil e Museu da Cidade (2003 a 2006), Abertura e Paixão de Ler no Metrô (2007 e 2008). Bienal do Livro do Rio de Janeiro – coordenação da programação infantil das editoras Ática/Scipione, Prefeitura do Rio/Secretaria das Culturas, Sociedade Bíblica e Editora Casa da Palavra/COB Cultural (2007). Seleção dos livros e roteirização das histórias para elaboração das apresentações de contação de histórias nos estandes atendidos. Bienal do Livro do Rio de Janeiro – coordenação dos eventos dos estandes Editora Ática, Sociedade Bíblica e IBGE (2005). Bienal do Livro do Rio de Janeiro – criação do espetáculo Histórias da Criação para o estande da Sociedade Bíblica do Brasil apresentando contos da bíblia (2005). Espaço infantil da Primavera dos Livros – coordenação, elaboração das oficinas de arte e apresentação de contação de histórias (2004 e 2005) no Jóquei Club do Rio de Janeiro. Criação do projeto Leitura na Praça – Secretaria Municipal das Culturas, Prefeitura do Rio, com seleção de arte-educadores e treinamento para atendimento em nove Bibliotecas Volantes que circularam em mais de 60 praças do Rio de Janeiro (2004). Outros projetos Prefeitura do Rio em 2004: Aniversário da Cidade (Biblioteca da Penha), SULACAP em Férias, Inauguração da Cidade das Crianças, Dia das Crianças (treze eventos simultâneos no dia 12 de outubro), Domingo Infantil (Museu da Cidade). Elaboração do projeto Leitura na Ilha – Secretaria Municipal das Culturas, Prefeitura do Rio, programação para rede municipal de ensino nas Bibliotecas Populares da Ilha do Governador (2003). Assistente de produção e coordenação do projeto educativo de todas as exposições programadas para a galeria do BNDES (2004). Exposição Uma viagem ao patrimônio mundial brasileiro para o BNDES, assistente de produção da exposição e pesquisa de imagens na Biblioteca Nacional e junto a fotógrafos profissionais (2003). Projetos Infantis Um domingo na Casa de Rui Barbosa – elaboração e coordenação da programação infantil. Redação de roteiro para Visita Guiada ao Museu com informações sobre a vida e a casa de Rui Barbosa, além de pesquisa de músicas de época e músicas folclóricas (2006 e 2007). Programação do Instituto Moreira Salles (2004 a 2006) – coordenação dos eventos, realização de oficinas de arte e visitas guiadas ao museu.

E-mail

flaviarocha.cultura@gmail.com

Tel. Celular

(24) 9-9215-9794

Tel. Fixo

(__) ____-____

Comprovação Cultural

Redes Sociais

Compartilhe

Compartilhe com seus amigos, familiares e conhecidos esse perfil e ajude mais ainda a divulgar o trabalho desse profissional da cultura!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

MAIS PROFISSIONAIS

Regina Resende

Psicóloga Clinica formada pela Universidade Católica de Petrópolis, Pós Graduada em Psi...

Leia Mais...

História Viva

Sou professor de história formado pela Universidade Católica de Petrópolis, pós graduad...

Leia Mais...

Faz de Conta

Formada em História

Leia Mais...