Busca e Pesquisa

"A imaginação é mais importante que a ciência, porque a ciência é limitada, ao passo que a imaginação abrange o mundo inteiro."

Pita Cavalcanti

Nome Artístico / Nome Fantasia

Pessoa Física -

Ator/Atriz

Sobre

ATUO NO TEATRO DESDE 1986 NO GRUPO TEATRAL PESSOAL AÍ FAZENDO PRODUÇÃO TEATRAL, CENÁRIO, FIGURINOS, DIRIGINDO PEÇAS, ATUANDO E DANDO AULAS DE TEATRO PARA ADULTOS. DURANTE 6 ANOS DEI AULAS DE TEATRO PELA PREFEITURA PARA A MELHOR IDADE, E NO PROJETO CIRANDA DAS ARTES, PARA JOVENS. ATUAMOS NO CICLO DE LEITURAS DRAMATIZADAS NO PALÁCIO RIO NEGRO HÁ UNS 5 ANOS. CONSELHEIRA PELO SEGMENTO DO TEATRO POR 3 VEZES. O PESSOAL AÍ FOI INDICADO AO PRÊMIO DE CULTURA ESTADUAL EM 2012/13.

Experiência

Pita Cavalcanti, atriz, diretora, produtora cultural, professora de teatro no projeto “Ciranda das Artes” para a melhor idade e jovens desde 2005, cenógrafa, figurinista e mediadora de leitura. Cofundadora, diretora artística do Grupo Teatral Pessoal Aí ao qual pertence há 34 anos. O grupo foi dirigido por Henri Pagnoncelli, Caíque Botkay, Sylvia Orthof, Sylvio Costa Filho, Pita Cavalcanti. – Diretora dos espetáculos (entre outros): – “A inconveniência de ter coragem” de Ariano Suassuna, 2017. Indicação para o Prêmio Guerra Peixe de Cultura de 2018. Leitura dramatizada – IX Mostra de Teatro de Petrópolis, 2014; -“O Trombone e o Fuzil”, texto de Sylvio Costa Filho, que tem como tema a “Casa da Morte”, local de tortura usado pela ditadura nos anos 70 em Petrópolis, 2012. Indicação para o Prêmio Guerra Peixe de Cultura, 2013. – O Grupo Pessoal Aí recebe o Prêmio Reynaldo Chaves da Academia Petropolitana de Letras para as Artes Cênicas, pelo trabalho de 2017. – Homenagem de teatro “PRÊMIO ABELARDO ROMERO”, do programa “Bastidores”, março/14. – Indicação do Grupo Pessoal Aí, pela Secretaria do Estado ao “Prêmio de Cultura do Governo do Estado do Rio de Janeiro” 2012/2013. – Idealizadora e atriz do Ciclo de Leituras Dramatizadas no Palácio Rio Negro desde 2012. – Desde os anos 90 atua na performance em homenagem a “Santos Dumont”, como D. Eulália (a governanta da “Encantada”), e como Marcelle Grandcey, amiga francesa do mesmo, na “Encantada”, casa de Santos Dumont em Petrópolis e em Feiras de Turismo em diversas cidades. – Comissão organizadora e realizadora da VIII Mostra de Teatro de Petrópolis, 2013. – Conselheira titular do segmento de Teatro junto ao Conselho Municipal de Cultura, 2013. – Eleita delegada nas Conferências Municipal e Estadual de Cultura no ano de 2013. – Participante na Conferência Nacional de Cultura (2011), em Brasília. – Eleita delegada nas Conferências Municipal e Estadual de Cultura no ano de 2010. – Recebeu o Prêmio Reynaldo Chaves da Academia Petropolitana de Letras para dramaturgia e trabalho cênico no ano de 2001. – Agraciada com o prêmio de Personalidade Feminina da Cultura, 1996, concedido por entidades e pela imprensa petropolitana pelo trabalho de concepção e realização do espetáculo “Martim Cererê”. – Idealizadora e atriz no Projeto Mambembe-Caravana Cultural que nos anos 90 percorreu bairros e distritos de Petrópolis levando o teatro às comunidades.

E-mail

pitarc@gmail.com

Tel. Celular

(24) 9-8855-5412

Tel. Fixo

(24) 2248-5412

Comprovação Cultural

Redes Sociais

Compartilhe

Compartilhe com seus amigos, familiares e conhecidos esse perfil e ajude mais ainda a divulgar o trabalho desse profissional da cultura!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

MAIS PROFISSIONAIS

RODOLFO MEDEIROS

Leia Mais...

Luciane Fortunatto

Leia Mais...

Nathan Cardoso

Ator e Circense. Possui o Ensino Médio completo e Técnico e estudou nas escolas Liceu M...

Leia Mais...