Artigos e Notícias

"Um escritor chega à velhice quando suspeita que o artigo que está a escrever já tinha sido escrito por ele no passado."

Gestão Rossi não cumpre com o Sistema Municipal de Cultura

Publicado em: 05/01/2021

Chega ao fim o mandato do prefeito Bernardo Rossi marcado pelo abandono da cultura, como ratificado neste seu último dezembro. Não fosse pela Lei Aldir Blanc, criada na Câmara de Deputados e abastecida por recursos federais, os trabalhadores da Cultura de Petrópolis estariam a ver barquinhos de papel sob os buracos no asfalto inundados pelas chuvas torrenciais que caem sobre a cidade.

Nem mesmo o edital “Fique em Casa com Cultura”, anunciado no longínquo mês de março de 2020 – há 10 meses – e após imbróglios jurídicos e eleitorais, chegou a pagar todos os seus beneficiados. Muitos artistas ainda não receberam os mil reais a que têm direito pelos serviços prestados em vídeo.

Esperava-se, porém, que a gestão depositasse R$ 361 mil reais do Fundo Municipal de Cultura, relativos aos concursos 01/2019 e 01/2020, cumprindo a LOA 2020 e a Lei Municipal 6.806/10, que prevê a execução anual do fundo em editais públicos. No entanto, o ano acabou e nem um centavo foi depositado. Cabe lembrar que corre processo na 4ª Vara Cível, movido pelos agentes culturais, cobrando a Prefeitura do cumprimento desta lei, e que os responsáveis ainda podem ser condenados por improbidade administrativa.

É certo que o IMCE passou por diversas administrações – tivemos ao todo 5 Diretores-Presidentes ao longo de 4 anos –, algumas tão turbulentas e suspeitas que nos envergonha lembrar. Chegando perto das eleições municipais, o braço-direito do Prefeito assumiu a tarefa de reverter a imagem tétrica que reinava entre os realizadores culturais a respeito de Bernardo.

Façamos justiça, Rodrigo Bueno esforçou-se bastante, deixando claro que as pautas da cultura não andavam por falta de vontade política. Sob sua égide, as ações se aceleraram. Ainda que através de muita pressão popular, a Lei Aldir Blanc pode ser empenhada em sua totalidade e contamos ainda com a disposição do gestor para reduzir a burocracia, desobrigando a apresentação das certidões de regularidade fiscal e alargando possibilidades de aceitação de recursos pela Comissão Especial da Aldir Blanc. Com isso, muitos trabalhadores estão sendo finalmente beneficiados. Mas nada disso desobriga a Prefeitura de cumprir com o ordenamento jurídico municipal.

Ressaltamos ainda as contribuições que Marcelo Florêncio e Marcos Pinho deixaram durante sua atuação. Não esquecemos do polêmico “Coral Integração 2019”, mas deixamos o testemunho dos avanços que ambos ajudaram a impulsionar, destacando a recuperação do telhado do Centro de Cultura Raul de Leoni e o então cumprimento da jurisdição, o qual reivindicamos agora.

Não podemos deixar de mencionar a dificuldade que foi lidar com o Departamento de Licitações e Contratos da Secretaria de Administração e Recursos Humanos da Prefeitura. Entendemos claramente que a prioridade, neste momento, recai sob as licitações da saúde, para enfrentamento da pandemia de covid-19, porém estas não podem inviabilizar a execução das políticas públicas das outras pastas. É necessário que as soluções andem concomitantemente, de modo a garantir a saúde física, sanitária, financeira, social e mental da população petropolitana.

Sabemos que o novo ano será de muitos obstáculos. Temos um prefeito interino que não sabe por quanto tempo durará seu mandato. E temos ainda muitas dúvidas mais sobre o futuro da cidade, da nação e do mundo, durante e após a pandemia. O setor cultural enfrenta aquela que talvez seja uma de suas maiores crises, tendo comparação no país somente com o período Collor, que foi especialmente trágica. As formas de consumo cultural estão mudando rapidamente, não sabemos que mercado teremos quando as restrições terminarem. Será preciso muita união da sociedade e muita força de vontade do poder público. Somente unidos e dialogando como uma frente ampla, conseguiremos enfrentar todos os desafios.

Diana Iliescu
Presidenta do Conselho Municipal de Cultura de Petrópolis

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

MAIS ARTIGOS

Fórum Popular de Cultura apresenta suas demandas à nova Gestão Municipal

Ofício FPC-CMC 01/2021

Ao

Gabinete do Prefeito

Exmo. ...

Leia Mais...

Prefeitura abre nesta quarta-feira as inscrições para o inciso III da Lei Aldir Blanc

Município divulgou também informações sobre a seleção de projetos culturais financi...

Leia Mais...

PLATAFORMA ELEITORAL DA CULTURA DE PETRÓPOLIS 2020

Pontos com destaque:

  1. Órgão gestor da Cultura
    1.1 Recriação da Fun...

Leia Mais...